Sessão #04, 13/abril, segunda-feira

Sessão #04.

“Filmes vagabundos e malditos”

13 de abril, segunda-feira, no auditório da CINETV.

  • 14:15. À Prova de Morte (DEATH PROOF), 2007, USA, 2.35:1, 114′. Quentin Tarantino.
  • 16:10. intervalo
  • 16:45. MIRINDAS ASESINAS, 1991, ESP, 12′. Álex de la Iglesia.
  • 17:00. TEENAGE HOOKER WHO DIED AND BECAME A KILLING MACHINE, 2000, KOR, 60′. Gee-woong Nam.*

.

Por que Tarantino?

Por que o primeiro curta metragem de um diretor que nem é considerado tão relevante?

Por que um repulsivo filme coreano gravado em mini-dv que mal se tem informações a respeito?

Inegável que são filmes malditos, sem distribuição comercial adequada, e que, justamente, pretendem causar algum desgosto no espectador. Ou não…

Tomara que alguém se incomode.

.

*legendas em inglês

.

……………………………………………………………………………………………………………

À Prova de Morte (Death proof)

Junto com Planeta Terror, de Robert Rodriguez, o filme faz parte do projeto Grindhouse, que lançou os dois filmes em sessão dupla nos cinemas americanos, em homenagem às antigas salas de cinema que costumavam exibir filmes de terror baratos. No resto do mundo, os filmes foram lançados separados, e com maior duração. À Prova de Morte ainda foi exibido na mostra competitiva do Festival de Cannes em 2007.

-O filme espera desde 2007 lançamento em circuito comercial no Brasil, quando inclusive foi anunciado que Tarantino viria ao Brasil para o lançamento. Depois de muito ser adiado, essa semana a Europa Filmes anunciou mais uma nova data de lançamento: novembro desse ano. Um ano e meio depois da estréia de Planeta Terror e, curiosamente, um mês depois da previsão de estréia do próximo filme de Tarantino: Bastardos Inglórios.

sinopse:
Ao cair da noite, Jungle Julia, a DJ mais sexy de Austin, pode enfim se divertir com as suas duas melhores amigas. As três saem noite adentro, atraindo a atenção de todos os freqüentadores masculinos dos bares e boates do Texas. Mas nem toda a atenção é inocente. Cobrindo de perto seus movimentos está Stuntman Mike, um rebelde inquieto e temperamental que se esconde atrás do volante do seu carro indestrutível.

duas críticas, eduardo valente e kléber mendonça filho:
http://www.revistacinetica.com.br/deathproof.htm
http://cannes.af.rec.br/index.kmf?noticia=6113978&total=24&indice=10

vídeos:
trailer de Grindhouse – http://www.youtube.com/watch?v=G0AaVUs3-Pw
coletiva de Death Proof no Festival de Cannes 2007 – http://www.youtube.com/watch?v=50KShwRR5vY
Quentin Tarantino destroys a movie reviewer during interview (só pra divertir) – http://www.youtube.com/watch?v=7L2ukSJFgCM

.

……………………………………………………………………………………………………………

Mirindas Asesinas

Primeiro filme de Álex de la Iglesia, cultuado diretor espanhol de filmes como O Dia da Besta (1995), A Comunidade (2000), 800 Balas (2002) e Crime Ferpeito (2004).

Neste curta-metragem de 1991, em preto e branco, já se estabelecia o estilo que o diretor consagraria mais à frente: um humor negro peculiar associado ao horror, ao suspense, ao visual. No filme, somos apresentados ao psicótico, diminuto e ‘woodyalleniano’ Tubular Killer, que entra em um bar, onde há apenas o barman e outro cliente, para beber uma ‘Mirinda’(uma bebida de laranja espanhola) e que se vê indignado e furioso a cada pergunta que formula, ou coisa que diz, e é respondido ou interpretado de maneira errônea. Selvagem, absurdo e anárquico. (fonte)

no youtube: aqui.

.

……………………………………………………………………………………………………………

Teenage Hooker Who Died and Became a Killing Machine (2000)

LEGENDAS EM INGLÊS

Nome original, em nosso alfabeto: Daehakno-yeseo maechoon-hadaka tomaksalhae danghan yeogosaeng ajik Daehakno-ye Issda.

Literalmente, A estudante adolescente que foi mutilada enquanto vendia seu corpo em Daehakno ainda continua em Daehakno.

ou simplesmente KILLING MACHINE.

Filipe Furtado: Ms. 45 encontra Robocop ou um remake avant exploit de Le Femme Nikita. Tanto faz. Dos filmes mais estranhos produzidos na década. Tão grosseiro e direto quanto o título sugere e ao mesmo tempo cheio de contornos inesperados. O filme é de uma exatidão conceitual digna de Larry Cohen (especialmente na forma como sampleia outros filmes). Um dos seus prazeres reside em descobrir de quais maneiras o diretor Nam Gee-wong vai encontrar para prolonga-lo (já que se trata basicamente de uma situação de um curta de 15 minutos estendido para uma hora) resultando em alguns tempos mortos geniais. Teenager Hooker transborda soluções criativas, seja de situações, ritmo, trilha sonora e fotografia. Esta por sinal é um digital tosco brilhante explorando muito bem as limitações de captação de luz, não chega a ser No Quarto de Vanda, mas esta entre os melhores usos de digital daquela primeira onda de filmes no formato. Não é para todos os gostos (até por ser um destes filmes que caem no limbo de serem explotaition demais para uns e experimental demais para outros), mas é de uma demência delirante e encantadora. Verdadeiro exemplar de cinema de invenção. Tudo isso com um orçamento menor que uma diária de filme do Bruno Barreto. (fonte)

sinopse:

Uma adolescente prostituta é estuprada de modo brutal e cortada em pedaços por seu professor, para depois ser trazida de volta à vida por um cientista misterioso, que a transforma em um cyborg assassino.

Violência gráfica/conteúdo adulto/nudez/brutalidade sexual

Recomendado para audiências maduras.

ótimo texto, bem elucidativo: aqui.

ou, um pouco menos: aqui.

Muitas imagens abaixo, para ninguém falar que não foi avisado.

.

Anúncios

0 Responses to “Sessão #04, 13/abril, segunda-feira”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




abril 2009
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Estatísticas

  • 1,966 acessos

%d blogueiros gostam disto: